.

domingo, 14 de agosto de 2011

Ao pai das minhas filhas - Dia dos pais.

Clique na imagem para ampliá-la

Aos pais que se divorciam também de seus filhos, que perdem com isso o carinho, o respeito e a fantástica troca de aprendizagem fruto do convívio. Para os que acham que pagar pensão alimentícia e ver - sim eu disse ver e não olhar, contemplar, perceber, compartilhar, aprender com os filhos, admirar e crescer juntos... - É o máximo que podem fazer e que já estão em muito cumprindo suas obrigações de ser pai. Embora seja essa mais uma entre tantas datas comerciais, nem assim vejo como desejar-lhes Feliz Dia dos Pais. Quando criarem o Dia dos Procriadores, aí sim, prometo partejar uma linda poesia em homenagem à vocês e o comércio creio vá lucrar muito mais.
Agora, aos verdadeiramente pais, sejam eles biológicos ou não. Obrigada por compartilharem conosco, mães, nessa magnitude de possibilidades e responsabilidades intitulada: Família.

Marcadores:

2 Comentários:

  • Mana querida, nesta data te desejo o "Melhor" de todas as bênçãos que o verdadeiro e Único Pai possa dar-te,confortando-te com todo seu AMOR, através do exemplo de vida do seu filho unigênito, que nunca abandonou ninguém, muito menos desampara. Existe um Pai a quem Ele nos afirmou haver, a quem sempre buscou e nos ensinou a amar e a buscar, pois que Ele mesmo nos disse ser o único Caminho ao verdadeiro Pai, a Verdade e a Vida. O que podemos esperar dos homens, em sua grande maioria? Concordo com teus escritos, porém não permitas que esta nódoa malígna infecte e afete mais o coração dos teus tesouros, frutos do teu ventre, pelos quais Deus zela. Deus te ampare, te sustente e te guarde e em muito abençoe este dom lindo que a ti foi dado para que sejas firme qual o pilar sólido desta tua família. A você maninha, meu carinho e minha admiração. Bjs muitos. Feliz "Dia dos Pais", "Mãe,poetisa e escritora... Jaquelina do vô".
    S.S.K.

    Por Blogger Flor em pétalas., às 14 de agosto de 2011 21:01  

  • Ô minha irmã, a melhor alfabetizadora que tive na minha vida!! Não sabia que você também era minha leitora aqui. Que surpresa boa. Fica tranquila, não há nódoa malígna alguma. Sou fã da frase do Caetano "Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é".
    Ah, correção: O vô, com o sotaque carregadíssimo, me chamava de "Djiquilini".

    Beijos procê também!

    Por Blogger Jaqueline Serávia, às 15 de agosto de 2011 11:46  

Postar um comentário

<< Home